Etiquetas

,

Porque é sempre bom saber olhar para o património e a memória de vários pontos de vista, concordemos ou não com eles, aqui a memória analisada sob a perspectiva espiritualista e metafísica de Osho, que defende deixar o passado para trás (mas que não está obviamente a falar de património histórico-arqueológico):

“A memória é a persistência daquilo que já não é”

Anúncios